Camuflagem de estrias, olheiras e cicatrizes: Nova técnica promete recuperar no mínimo 80% da aparência natural da pele | Contei

camuflagem de estrias, olheiras e cicatrizes tornaram-se mais conhecida nos últimos meses depois que personalidades começaram a realizar o procedimento. A técnica, já conhecida no mercado da estética e da beleza, consegue esconder sinais nas coxas, glúteos, seios, barriga, cicatrizes e até olheiras.

Não só as mulheres como os homens também procuram solucionar essas cicatrizes que mexem com o psicológico e também autoestima, principalmente na temporada mais quente do ano em que os corpos ficam mais à mostra.

Antes & Depois de Rodrigo W Arruda

Segundo o profissional Rodrigo W Arruda, antes de fazer qualquer procedimento é muito importante procurar um profissional para analisar o seu caso. Cada organismo tem a sua própria característica. O especialista explica que a camuflagem tem uma longevidade mais ou menos de cinco anos, dependendo da pele e dos cuidados após o procedimento.

Confira algumas dicas que o profissional alerta que devem ser seguidas após o procedimento:
– Checar com o profissional quantas sessões serão necessárias para cada tipo de pele, e respeitar o seu corpo;
– Sol apenas após 45 dias da sessão;
– Após o procedimento, fazer compressa de gelo no local por no mínimo 5 dias. Se possível, de 4 a 5 vezes ao dia;
– Para a restauração dérmica, uso de pomada cicatrizante.