ATOR ADRIANO ARBOOL ENCERRA SEUS TRABALHOS NO FILME “3:03” | Contei

O ator Adriano Arbool, conhecido pelos seus papeis na série “Hebe” e no filme “Carcereiros” (onde viveu o guarda-costas do Juarez, personagem de Rômulo Braga), acaba de terminar as gravações do filme “3:03” em que é protagonista.
Adriano, que não tinha fluência em inglês, teve o desafio de aprender as pronúncias, as nuances, sotaques e características linguísticas para compor uma das cenas mais densas e emblemáticas da obra. Para tanto, ele contou com o apoio do coach Bruno Taniguchi. Além disso, fez laboratório com Leide Rose para entender como vive um cadeirante.
“Atuar num filme dialogando em outro idioma e ter alcançado a fluência em menos de 04 meses, digo que é preciso muita disciplina, foco e determinação. Vivo de desafios! E por falar em desafios, no filme o meu personagem sofre com a paraplegia. Então, tive que fazer um laboratório intenso pra compor o Dr. Michel tendo o auxílio da querida Leide Rose, que é cadeirante. Passamos o dia todo com ela absorvendo a sua história de vida e o seu dia a dia, o que me ajudou a compor a estrutura física e emocional do papel que vivi. Que venham mais personagens assim. Foi épico esse trabalho.” esclarece o ator.
Lion Andreassa, que dirige a obra, fala um pouco sobre o filme e o gênero pouco explorado no Brasil: “”3:03” não é apenas um curta de ficção científica, pois ele aborda questões filosóficas e teológicas muito profundas. Me senti realizado com o resultado, pois agora percebo que o filme tem grande potencial para virar um longa e atrair o público.”
O curta-metragem “3:03” é uma produção da Lumix Art Films. A previsão de estreia nos festivais é para o próximo ano de 2021.