Canal SobreVivendo, comandado por Daniele Boggione na Turquia age de forma preventiva e ajuda brasileiras a não caírem em golpes | Contei

A brasileira residente na Turquia, Daniele Boggione conta que recebe cerca de 50 emails ou mensagens no Instagram de mulheres relatando que seu canal as ajudou a não caírem em golpes. Ela conta com uma média mensal de 2 milhões de visualizações com os alertas publicados. Uma média de 30 mulheres em casos graves já foram socorridas presencialmente por sua rede de apoio. A professora acredita que milhares de vítimas já foram auxiliadas com seu trabalho.

Brasileiras são alvos mais fáceis

Daniela conversou com dois golpistas e ambos relataram que as brasileiras são alvos mais fáceis por serem românticas e acreditarem em qualquer coisa que eles dizem. Um deles, inclusive, estudou português para se comunicar mais facilmente com suas vítimas.

Imprensa concedida por: Roberta Nuñez – RN Assessoria Imprensa