Cláudio Vaz mostra o caminho das luzes de Paris | Contei

Paris, também conhecida como “Cidade Luz”, empolga turistas do mundo inteiro com a iluminação de seus prédios e monumentos. A famosa Torre Eiffel conta com uma iluminação de mais de vinte mil luzes.

Paris é a segunda região urbana mais visitada da Europa ficando atrás somente de Bangcoc, capital da Tailândia. A cidade recebia antes das restrições da pandemia dezenove milhões de turistas, em média, que se misturavam com sua população de cerca de três milhões de pessoas.

Quatro dias na cidade são suficientes para cobrir e conhecer todos os seus principais pontos turísticos. Cláudio indica para a visitação o Museu do Louvre, famoso por abrigar a obra da Mona Lisa, de Leonardo da Vinci. Por causa das filas gigantescas o conselho é comprar o ingresso pelo site e chegar ao local no horário marcado da visita. A visita pode ser pulando a fila e com guia particular no valor de duzentos e quarenta reais por pessoa, valor que a vale a pena, porque sempre tem fila e uma grande espera.

Viajar para Paris e não visitar a Torre Eiffel é como ir para Nova York e não conhecer o Central Park. Perambular pelo famoso Rio Senna, que banha a cidade, é programa obrigatório e tudo pode ser feito a pé. Outra dica imperdível é a visita ao Arco do Triunfo e à charmosa Avenida Champs Elysees, outra área clássica da cidade, que também pode ser conhecida em uma agradável caminhada.

Uma boa sugestão é uma área pouca explorada por turistas, mas uma das melhores vistas para a Torre Eiffel, que é a Ponte de Bir-Hakeim. E o turista não pode deixar de conhecer o Palais de Tokyo, museu de arte contemporânea.

E para os apreciadores das compras, uma das áreas mais famosas é a Montaigne Avenue, com lojas de grife como Dior, Chanel, Louis Vuitton, que atraem turistas e personalidades da moda. No local ainda tem a oportunidade de conhecer um dos hotéis mais tradicionais da cidade, o Plaza Athenee.

Como indicação de hotel, nada melhor que o Sofitel Paris Baltimore, localizado em uma das áreas mais charmosas de Paris. O hotel possui cento e três quartos com design moderno, perfeito para quem quer ter um bom descanso e conforto. Pertence a rede Accor de hotéis, sendo considerado como Boutique Hotel pelas amenities que oferece. O percurso pode ser percorrido em apenas cinco minutos caminhando até a Torre Eiffel.

Mas para quem acha que o nome “Cidade Luz” se deve a iluminação urbana, vale lembrar que a cidade é berço do movimento Iluminista, cujos ideais de liberdade, fraternidade, oposição à monarquia e controle da igreja, deram

origem a denominação de “Cidade Luz”.

“Para quem gosta de apreciar uma boa gastronomia indico o @Caviar Kaspia, restaurante especializado em caviar. É o mais tradicional de Paris e permanece no mesmo local desde 1927, na Rua Place de la Madeleine. Mas a cidade oferece todo tipo de gastronomia, internacional e local, para todos os gostos e bolsos. Uma coisa incrível para se fazer na cidade é experimentar o famoso crepe francês na rua. Trailers em todos os locais oferecem crepes e waffles feitos na hora e muitas opções de sabores. Custam em média trinta reais e você não pode deixar de viver essa experiência. Passear por Paris é uma volta ao passado e essa cidade, por mais antiga que seja, nunca sai de moda”, conta Cláudio Vaz.

Cláudio Vaz é jornalista e criador de conteúdos no nicho de viagens e hotelaria. Radicado nos Estados Unidos mostra sua experiência vivendo no país e compartilha dicas de viagens em seu instagram. Em seu site escreve artigos sobre viagens, hotelaria e gastronomia. Seu instagram é @claudiovazjunior e o site: www.claudiovazjunior.com.br. O instagram do hotel é Instagram @sofitelparisbaltimore