Como o jovem empresário Rodrigo Giongo transformou 50 mil reais em 8 milhões com Bitcoin | Contei

Rodrigo Giongo, empresário de postos de combustíveis e clínicas geriátricas, começou a investir no mercado de criptomodas no ano de 2016. Na época, para participar dos investimentos, era exigido um aporte feito em Bitcoins.

Procurando opções mais arrojadas de investimento resolveu arriscar a quantia de cinquenta mil reais. Com o valor conseguiu comprar 25 bitcoins. Cada uma das moedas digitais custaram o valor médio entre 1.800,00 e 2.000,00 reais.

Como o milagre da multiplicação dos pães, no ano seguinte, 2017, Rodrigo viu seus 25 bitcoins que valiam 50 mil reais, se transformarem em 1.7 milhões de reais. Já em 2018, os mesmos bitcoins desvalorizaram caindo para a quantia de 500 mil, mesmo assim, dez vezes mais o valor inicial do investimento.

“Durante todo esse período como investidor baseado em meus estudos e trabalho como negociador, tive cada dia mais certeza que a valorização do bitcoin a longo prazo seria muito positivo”, conta Rodrigo. Em 2020, logo após o início da pandemia, o bitcoin começou a se recuperar e em 2021 chegou a marca histórica de 370 mil reias, fazendo com que seus investimentos chegassem ao valor de 8 milhões de reais.

Como o jovem empresário Rodrigo Giongo transformou 50 mil reais em 8 milhões com Bitcoin

Como o jovem empresário Rodrigo Giongo transformou 50 mil reais em 8 milhões com Bitcoin

Os negócios continuaram crescendo surgindo novas parcerias com alguns empreendedores, de outros estados brasileiros e de outros países, para conseguir atender a quantidade de clientes que estavam surgindo todos os dias. Nos anos seguintes as operações só cresceram alçando Rodrigo para a condição de um dos maiores negociadores de Bitcoin do sul do país.

Desde então Rodrigo adota um sistema de segurança bem robusto para manter seus bitcoins a salvo. Atualmente ele utiliza um dos modelos de carteiras mais seguros do mercado, chamados de hardware wallet, dispositivos parecidos com um pen drive, necessário para acessar a carteira que se encontra instalada em um único computador. Além das inúmeras senhas necessárias para o acesso, ele ainda utiliza um sistema de multi-assinaturas. E para finalizar, as chaves privadas foram divididas em quatro partes e colocadas em locais diferentes. Os procedimentos são fundamentais para evitar que alguém invada a sua casa para acessar todas as chaves e assim ter acesso aos bitcoins.

A operação de compra ou venda com um P2P é muito simples. Basta você entrar em contato com Rodrigo através do WhatsApp. As pessoas normalmente entram em contato através de alguma indicação. A cotação é passada em uma conversa informal e, se caso o interessado ficar satisfeito e quiser realizar a transação, basta enviar os documentos e o valor em dinheiro. Dentro de trinta minutos os Bitcoins já estão na carteira do cliente Toda operação é baseada em confiança e não há garantias, apenas a palavra e reputação do P2P em questão.

“Que fique registrado aqui que nos próximos anos esses 8 milhões vão se transformar em 15 milhões, pois tenho plena convicção que o bitcoin vai atingir cem mil dólares em breve. Aí vou começar a gastar”, encerra Rodrigo dando boas risadas. Para mais informações o instagram é @rodrigogiongo onde você pode conhecer mais da sua vida, trajetória e curiosidades sobre o Bitcoin.