Dia Mundial do Livro: atores e atrizes mirins falam sobre o hábito da leitura e dão dicas de títulos | Contei

Quem lê, abre as fronteiras da vida com o objetivo de conhecer o ainda desconhecido. Com diversos títulos para as diferentes idades, desde crianças aos mais idosos tem a leitura estimulada como fim de conhecer a vida. Nesta sexta-feira (23), é comemorado o Dia Internacional do Livro. A data, surgida na Espanha, foi criada inicialmente com o objetivo de enaltecer o nascimento do escritor Miguel de Cervantes, conhecido autor espanhol responsável pela obre “Dom Quixote De La Mancha”.

Para enaltecer a data, atores e atrizes mirins falam sobre suas relações com os livros e enaltecem a importância da leitura.

Confira: 

Eyshila Blá – 11 anos

“A leitura amplia nossos horizontes,e abre as portas do conhecimento, por isso amo descobrir novos mundos através da leitura. Uma ótima dica de leitura é ‘Ou Isto ou Aquilo’, de Cecília Meireles. Existem várias opções de leituras online gratuitas, para este momento devemos ficar em casa, devido à pandemia”.

Maitê Laborne – 05 anos

“Amo livros porque desde cedo minha mãe me ensinou que é uma maneira de viajar sem sair do lugar. Assim a leitura se tornou um passatempo para curtimos juntas durante a pandemia. Amei o livro “Onde está Tomás” justamente por ele falar da imaginação tão importante nesse período”.

Renata Marques – 16 anos

“Desde de cedo despertou em mim um interesse enorme pela leitura, sempre fui apaixonada por livros. Era algo até engraçado, pois minha mãe sempre falava que se eu me comportasse eu ganharia um livro, então eu ficava quietinha, fazia minhas lições pois sabia que poderia ler vários livros depois (risos). Com o tempo meu amor pelos livros só aumentou! O primeiro livro que ganhei foi o: “Turma da Mônica em Contos de Andersen Grimm e Perrault” este livro é maravilhoso, pois o Maurício de Souza levou a Turma da Mônica para o universo do conto de fadas, despertando um interesse imenso em muitas crianças”.

Cora Grigio – 08 anos

“Eu adoro ler e especialmente gosto muito desse livro de Poesias Brasileiras para Crianças. Super indico. Você pode ler uma poesia por dia e as ilustrações são maravilhosas também”.

Giulia Cersosimo – 07 anos

“Minha paixão por livros começou bem cedo, na creche, ouvindo as histórias contadas pelas professoras e por meus pais. E só aumenta, agora que estou aprendendo a ler e conhecendo as palavras. Minha dica de leitura é “O Manual de Mascotes só Bidú”, do Maurício de Sousa (Editora Globo).

Paola Cersosimo, 07 anos

“Minha paixão por livros e pela leitura teve início na creche, onde tinha incentivo com as leituras de histórias de aventuras e contos. Hoje que estou aprendendo a ler, minha paixão aflorou. Minha dica de leitura é o livro ’60 Histórias para Dormir 2, da Disney’.

Giovana Mendes – 08 anos

“Desde que eu era bem pequena, sempre que minha mãe me levava ao shopping íamos à livraria, ficávamos horas lá e comprávamos um livro. Assim surgiu minha paixão pela leitura! Um dos que mais gosto é ‘O Menino Maluquinho’, de Ziraldo. Tenho vários na minha cabeceira e frequentamos feiras de livros e livrarias sempre atrás de uma novidade”.

João Guilherme Neri – 12 anos

“A leitura desperta em mim a curiosidade e a imaginação. Eu adoro e tenho muitos livros! O meu favorito do momento é da autora Flávia Côrtes, ‘Assombros e Calafrios'”.

Rafa Las Heras – 11 anos

“Sou apaixonada por livros desde pequena. Aprendi a amar livros com meus pais, e quando mais nova, um dos meus programas preferidos era ir aos espaços infantis das livrarias.
Entre os meus livros preferidos estão “Anne de Green Gables”, de L.M. Montgomery; Todos os da saga “Harry Potter”; “A Árvore Generosa”, que marcou minha infância e até hoje tem meu carinho”.

Hadassa Gladstone – 5 anos

A leitura nos proporciona viajar e conhecer o outro lado do mundo, expande os horizontes, aumenta o vocabulário e nos torna pessoas melhores. Leia.  Minha dica de leitura é ‘Chapeuzinho Amarelo’. O livro de Chico Buarque nos ensina uma valiosa lição sobre coragem e superação do medo.

Bruna Garcez – 11 anos

“Adoro ler, no meu quarto tenho um cantinho só para os meus livros! A leitura me diverte, me relaxa e me traz grandes experiências. Um dos meus livros preferidos é da escritora Stela Barbieri, “Como Mudar o Mundo”. Nesta obra, podemos conhecer alguns aspectos da cultura de diferentes populações, super recomendo”.

Lorenzo Papa – 7 anos

“Eu sempre gostei de ouvir histórias que minha mãe lê ou que inventamos juntos. Minha paixão pela leitura aumentou quando comecei a ler sozinho. É um mundo que se abre. Onde aprendo e conheço lugares, costumes e, solto a imaginação. Vou contar alguns livros da literatura brasileira que adoro ler: O menino maluquinho; Marcelo, marmelo, martelo; O meu pé de laranja lima;  Papo de sapato; A arca de Noé. No momento estou lendo: Reinações de Narizinho, e estou adorando”.

Thaylla Tupinambá – 11 anos

“Falar de livros é algo que eu gosto muito, principalmente neste período em que não podemos viajar. Mas um bom livro nos ajuda a imaginar várias possibilidades, conhecer lugares diferentes, fazer novos amigos imaginários e, principalmente, mergulhar em histórias que fazem nosso coração pulsar. Comecei a ler o livro ‘Detetives do Prédio Azul’ e estou gostando muito, sou fã da série né, mas ler dá um gostinho a mais nas histórias”.

Jamile Abboud – 13 anos

“Eu sempre gostei de ler, recomendo ‘O Ela disse, ele disse’, que é um livro que conta várias questões dos adolescente, de forma leve e divertida. Ele fala de amizade, bullying, respeito às regras e a relação entre pais e filhos. Eu me identifico bastante pois é muito fácil perceber a mensagem que o livro quer passar.  Os livros de Monteiro Lobato foram estimulados pela minha mãe que adorava ver na televisão. Conforme fui crescendo passei a assistir também na tv e no teatro. Quando aprendi a ler já estava familiarizada com as histórias principalmente da Narizinho, Emília e Pedrinho que me faziam aventurar, usar a minha imaginação, aprender sobre a vida no campo, da simplicidade e no final sempre tinha uma mensagem positivas. E como diz minha mãe pareço que engoli a pílula falante da Emília”.

Millena Azevedo – 15 anos

“Desde pequena, meus pais liam pra mim. A cada história eu me colocava nelas, mudava finais… Depois me arrumava e ia pra sala fazer o teatro da história do livro. Fui tomando gosto pela leitura, entrava na fantasia e me divertia muito com isso. Adorava ler as histórias do Monteiro Lobato. Uma vez fiz uma peça: Emília no país da gramática. Fiquei tão empolgada que pedi o livro de presente pra poder ler e
inclusive indico pra todo mundo ler. Até hoje tenho muitos livros que lia na infância e os leio pra minha irmã. No momento, estou lendo ‘Wicked’, de Gregory Maguire e estou amando, um livro que inspirou o musical da Broadway”.

Sofia Campos – 14 anos

“Tenho uma paixão por livros. Na verdade, essa paixão começou quando eu ainda era um bebê, pois os livros faziam parte dos meus brinquedos e até do meu banho. No meu primeiro Natal, eu estava com quase um ano, e ganhei um livro lindo que guardo até hoje. Ele nunca sairá da minha biblioteca. Um livro que marcou minha infância e sempre indico foi o ‘Pequeno Príncipe’, uma fábula inesquecível que fala de amor, de perdas e de conquistas. Temas atuais e que fazem parte de nossas vidas. No momento estou me dedicando a leitura do livro ‘O menino do pijama listrado’. Não preciso nem dizer que estou amando. Os livros têm a extraordinária capacidade de me encantar”.

Adrielly Lago – 13 anos

“Até hoje minha mãe tem um livro com diversos clássicos infantis. Ela era professora e lia para seus alunos.Ela lia pra eu dormir. Quando aprendi a ler, eu que lia pra ela.  Hoje em dia, meu gosto literário mudou. Leio Harry Potter e Percy Jackson”.

Mariana Rubert – 08 anos

“Eu amo ler. Esse foi um hábito que adquiri desde bem pequena, quando aprendi a entender as primeiras palavras. Comecei com gibis , lia os livros da escola, e agora isso se tornou uma diversão. Lendo um livro eu posso sonhar, viajar, descobrir novas coisas e, principalmente, aprender. Um livro que gostei muito foi o ‘Meu planeta rima com água’, do autor Celso Obeid. Ele fala da importância da água e todos os recursos naturais de uma forma muito simples e bacana. Eu amei”.