Dia Nacional da Saúde Bucal: dentista Rodrigo Vieira alerta para importância da data | Contei

Vieira destaca que procura por melhorias estéticas motiva muitas pessoas a tratarem da saúde

O Dia Nacional da Saúde Bucal, celebrado no próximo dia 25 de outubro, não é conhecido pelos brasileiros, mas aborda um tema de suma importância e, muitas vezes, negligenciado: a saúde da boca e a importância de visitar frequentemente o dentista. “Uma condição bucal saudável possibilita ao indivíduo desempenhar funções como falar, mastigar, viver livre de dor e desconforto, sorrir, reconhecer o sabor dos alimentos e se relacionar com outras pessoas sem constrangimento”, ressalta o cirurgião-dentista Rodrigo Vieira.

Vieira é conhecido como o dentista das estrelas por ser procurado por diversos famosos, já que é especialista em procedimentos estéticos, como lentes de porcelana. O que ele percebe é que os procedimentos voltados à beleza acabam sendo uma porta de entrada para os cuidados com a saúde. “Os procedimentos de beleza trazem as pessoas para as clínicas e elas consequentemente acabam cuidando mais da saúde.Tratamentos estéticos somente podem ser realizados em quem está com a saúde em dia, então aproveito a oportunidade para resolver problemas de saúde do paciente e orientá-lo sobre os cuidados”, explica o dentista. O profissional destaca que a má escovação é um dos problemas mais frequentes. “Nesses casos, após realizar a limpeza, ensinamos e estimulamos o paciente a escovar os dentes corretamente e explico a importância social de estar com a saúde em dia”.

Outro problema é que durante a pandemia muitas pessoas não visitaram o dentista, o que significa mais de dois anos sem revisar a saúde bucal, quando o ideal é a cada 6 meses. A falta de higiene adequada na boca vai além de problemas odontológicos como cáries, gengivite e perda dos dentes, ela pode acarretar problemas no organismo, como doenças cardíacas. “Os cuidados com a saúde bucal devem ser implementados desde a infância até o final da vida, pois em todas as idades, o indivíduo está sujeito à desordem de sua saúde geral, física e psicossocial, em decorrência de algum problema bucal”.