Especialista em vinhos, Malbec vinícola Kilometro 49 anuncia novidades para 2021 | Contei

Segundo Leandro Soucaze, responsável pela marca, o próximo ano será marcado por uma nova linha de produtos exclusivos para o Brasil

A Kilometro 49, vinícola argentina que produz vinhos originalmente Malbec, já se prepara para a chegada de 2021. Mesmo com os efeitos da pandemia de COVID-19 em diferentes setores da economia, Leandro Soucaze, responsável pela marca, vê o próximo ano com bons olhos. “Me orgulho em dizer que o nosso 2020 não foi tão ruim como imaginávamos. Claro, todo negócio sofreu mudanças, mas a empresa manteve-se bem”.

O sentimento de felicidade de Soucaze é baseado em bons resultados. Segundo pesquisa divulgada pelo Jornal do Comércio, em outubro, o setor vitivinícola comemorou o recorde de consumo da bebida no país. Os dados foram divulgados pela Ideal Consulting, apresentando um salto de 37,2% entre janeiro e setembro e somando mais de 63 milhões de litros entre vinhos e espumantes.

Segundo Leandro, a alta do consumo da bebida se deu principalmente no início da pandemia e as restrições de circulação e as medidas que obrigaram diferentes comércios e estabelecimentos do setor de alimentação, como os restaurantes, a restringir o seu funcionamento. “As pessoas trabalham, estudam e passam o maior tempo de lazer em casa. Isso aumenta o consumo dessa bebida, que pode ser combinada com diferentes pratos”. Diz.

Para o próximo ano, a marca pretende expandir a quantidade de ofertas de vinhos (secos e suaves) e o lançamento de uma nova linha de produtos que ainda não foi divulgada.

Sobre a KM 49

Com a descoberta de um Vinhedo antigo em uma terra adquirida, o resultado de todo trabalho e dedicação se transformou em vinhos puros, sem misturas e 100% Malbec, o que garante que a bebida é extremamente natural, sem a presença de agrotóxicos na produção das uvas ou aditivos em sua composição. Isso já foi, inclusive, atestado por sommelier’s asiáticos que experimentaram que comprovaram sua origem.

A inspiração do nome, aparente minimalista, inclui uma importante rodovia que cruza dois países da América do Sul. “Existe uma estrada que se inicia na fronteira com a Bolívia, e acaba em Ushuaia. Essa estrada leva o nome de Ruta 40, e próximo a Cordilheira dos Andes, no quilometro 3249 e onde se posiciona os vinhedos. Pronto, a partir daí extraí o nome para o registro da marca e patentes ” afirma Leandro.

Serviço

Os produtos da KM 49 estão disponíveis nas principais adegas e serviços de compra. Para conhecer mais detalhes sobre os produtos, acesse www.kilometro49.com.br