Ex soldado do exército Iara Mayra protesta na Av Paulista pelo direito de ir trabalhar | Contei
Por: redação!
“600 reais não pagam as minhas contas”, diz a ex Soldado do Exército que apoia o Presidente Bolsonaro na medida que relaxa a quarentena e faz a economia andar.

 

Iara Mayra, 22, foi para a principal avenida do Brasil, protestar pelo seu direito de voltar a trabalhar e ter seu salário de volta. Ela que é autônoma, depende do fluxo da econômia para sustentar ela e duas filhas, uma de 2 e outra de 12 anos. “Eu não sou contra as pessoas que são do grupo de risco ficarem em suas casas, mas quem pode ir para as ruas trabalhar deve ter seu direito mantido, logo as empresas vão começar a demitir em massa e não terá auxílio emergencial que segure a epidemia de fome que estamos cavando para o nosso país”, explica Iara sobre o motivo de seu protesto.

Foto: Divulgação.

Sobre usar a máscara de proteção nas partes íntimas, ela destaca que foi a forma que achou para chamar a atenção, mas que sabe da importância do uso. “Eu só quero trabalhar e continuar a minha vida”.

 

 
Foto: Divulgação/ BrazilPhoto Press.