Mercado de educação online gera novas profissões e fontes de renda durante a pandemia | Contei

O mercado de infoprodutos, que são produtos online voltados à educação, como cursos à distância e e-books, tem tido crescimento nos últimos anos, em especial desde 2020, com as restrições sanitárias. Levantamento do Google realizado em abril de 2020 mostrou aumento de 130% da procura por cursos à distância apenas naquele mês, números que se mantiveram grandes. Esta dinâmica propiciou o surgimento de duas profissões: infoprodutores e estrategistas digitais. Infoprodutores são os que criam e oferecem os cursos e livros, já os estrategistas digitais se especializaram no lançamento e na venda destes produtos digitais.

O empresário Euríler Jubé, dono da Sparta, agência especializada em lançamentos de infoprodutos, analisa este mercado como promissor mesmo após a pandemia. “A educação online se tornou mais rápida, acessível e democrática, pela internet é muito mais fácil compartilhar conhecimento e ganhar dinheiro com isso”, explica o empresário. A Sparta não amargou prejuízos durante a pandemia, ao contrário: aumentou as vendas. Recentemente, vendeu 1 milhão de reais em apenas 2 minutos.

É possível lançar cursos livres de qualquer área. Pessoas podem criar aulas de marketing, de organização de finanças pessoais, na área da moda, da gastronomia ou de qualquer outro assunto que dominem. As plataformas digitais permitem publicações de vídeos, de e-books e até mesmo a realização de aulas ao vivo. O baixo custo de produção se torna atraente e permite que os preços sejam acessíveis e, com isso, atraem um público amplo.

“A internet, quando bem utilizada, impacta milhares e até milhões de pessoas ao mesmo tempo”, explica Euríler. A Sparta é especializada no lançamento de produtos ofertados por nomes já consolidados no mercado. O empresário ressalta que há técnicas para garantir o sucesso destas vendas e é neste escopo que ele se insere, já que não basta ter o melhor curso se não souber ofertá-lo. “Atuar no lançamento e na venda me parece ainda mais promissor, pois são poucas pessoas no mercado que dominam estas técnicas e há infoprodutos de sobra”, afirma.

Euríler Jubé - Foto Divulgação

Euríler Jubé – Foto Divulgação

Assim, os estrategistas traçam um plano específico para vender o produto e se tornam parceiros dos infoprodutores. “Enquanto o infoprodutor se foca em ser o melhor naquele assunto, o lançador, também conhecido como co-produtor ou estrategista, se foca no marketing e faz o produto chegar no maior número de pessoas”. O nicho é tão específico que, após entender e dominar as ferramentas de lançamento de infoprodutos criados por outras pessoas, Euríler decidiu se lançar como infoprodutor especializado em conteúdos sobre isso. “Os infoprodutos surgem a partir da vocação e do talento, além da demanda do mercado”.

Quem é Euríler Jubé

Natural de Goiânia, Euríler saiu da pobreza e se tornou milionário aos 22 anos em um intervalo de apenas 3 anos ao empreender no ramo do marketing digital, em especial, no ramo de lançamentos de infoprodutos. É dono da Sparta, uma das maiores agências de lançamentos do Brasil. Após atingir R$ 40 milhões de reais vendendo infoprodutos de grandes nomes de diversas áreas, Euríler busca se consolidar com o lançamento de seus próprios cursos e palestras, compartilhando com o público seus métodos que o tornaram referência em vendas, marketing digital e empreendedorismo.

Redes Sociais:
Youtube:  Euríler Jubé
Instagram:  @euriler