Mestre Bueno do Barão, o também conhecido empresário Bueno, media e presta serviços de consultoria para grandes personalidades do Brasil

O Mestre Bueno é uma figura enigmática: ao mesmo tempo que se especula sobre suas magias serem motivos de separações e uniões de famosos, ele também está atendendo caritativamente e, ao mesmo tempo negociando grandes empresas bancárias internacionais fim grandes personalidades da mídia brasileira.

Sempre está falando e gesticulando com seus diversos anéis e pulseiras, e colares, o Reinaldo Bueno Filho, tem um estilo incomum: costuma usar suas mãos douradas para se lembrar de que gosta de fazer tudo que toca ser extraordinário. Agora vem tratando sobre negócios com investimentos vindos de fora do Brasil ou prestando sua sabedoria para mediações de Bancos Internacionais Bilionários.

Além de estar sempre encoberto com sua cheirosa fumaça, que com certeza faz parte de seu sucesso em todas as suas áreas, inclusive nos negócios, que inclusive são de abastecimento e cortesia do Morcego’s Conveniência, do Rio de Janeiro – Barra da Tijuca, onde normalmente faz seus trabalhos espirituais e atende seus clientes de negócios, normalmente pessoas famosas ou grandes empresários.

Bueno do Barão

Sempre estiloso, até mesmo para fechar seus negócios mais importantes, usa personalizadas roupas do famoso Romulo deu Cria, o “Barão da Arte” como diz o Bueno, que está inclusive agora investindo em sua carreira em Miami. E o Bueno chega a usar até peças assinadas pelo Léo Ribeiro, cobertas de ouro 24k, em seus dias de folga. Que, como ele diz, nunca são de folga, o ouro faz parte de sua vida e de sua família há mais de 40, e ele carrega para sempre relembrar dos seus deveres, mesmo em folga.

Normalmente acompanhado de pessoas queridas, como Lucas Santiago, Jenny Miranda e Fabiane Miranda, sempre estão vestidos como um evento à parte: liderados pelos talentosos Dan Ribeiro e Maycon Rosa, sempre estão usando irreverentes trajes, como os especiais designers personalizamos do Léo Ribeiro, e até mesmo Ruan Morelli, e com Styling de acessórios que vai desde Ruan Calheiros que sempre complementa seu estilo com óculos super chamativos. E, claro, sempre seguindo os conselhos de sua querida amiga e de seu querido amigo é excepcional artista, Jô e Rômulo deu Cria, que é o artista que faz, inclusive, a maioria das roupas do Empresário.

Mestre Bueno é, destarte, um dos maiores nomes que despontam nas áreas de intermediação de bancos e fundos de investimentos e fomento, fazendo seus clientes satisfeitos chegando a fechar negócios de milhões em menos de um mês.

Dos seus novos planos, tem para suas férias que devem acontecer no final do ano de 2022, mais prazeroso trabalho, a escrita de seu novo livro junto à revista socioambiental Xapuri e a criação de sua seita espiritualizada de elevação espiritual e “aprimoramento do eu”.

Como espiritualista, o Bueno teve como especial amigo e mentor o Bita do Barão. Conhecido por ser Comendador da República e Mestre de Santo do Presidente Sarney, além de outras inúmeras personalidades como Pelé e outros.
Inclusive, deve estar voltando a Codó, do Maranhão, Cidade de Mestre botando Barão, antes do findar de setembro.

“E a Janaína é uma querida sempre, filha dele que herdou a casa e muito axé dele! Inclusive devo visitar sua cidade em breve, nossas assessorias ainda estão conversando para combinarmos desde os estilistas até as joias até a produção de conteúdo.”

O Reinaldo Bueno Filho, Mestre Bueno do Barão, mantém tudo em seu controle e sempre crescendo. Dos negócios da família até a criação de sua seita religiosa. Que a início é para ser virtual para englobar mais pessoas, mas pretende internacionalizar no ano que vem, assim como fez com seus negócios para Portugal, onde trabalha com seus servições de aconselhamento para mediação, compra e outras formas de incorporações e fomentos bancários.

Bueno do Barão

Polêmico, ousado e expontâneo, o Mestre Bueno do Barão é polêmico, mas mantém absoluto sigilo sobre seus trabalhos. Há boatos de que faz trabalhos dos mais fortes, inclusive unir ou separar casais que são renomados nacionalmente e internacionalmente, de jogadores de futebol, a atrizes, a cantores, a empresários políticos. Mas ele salienta que nunca foi seu objetivo esse público, “as coisas apenas aconteceram” e ainda faz trabalhos de cura por caridade. Atende os mais famosos e a todos com a mesma humildade e mesmo carinho, e “até os mesmos preços”.

Ele reitera veementemente: “Sempre me dedico a fazer tudo que posso com toda seriedade, amor e compromisso possíveis. Eu simplesmente fui e sou eu, só que dentro do campo da espiritualidade, assim como sou com os negócios. Eu faço o impossível ser possível. Ainda bem que as pessoas gostam”.

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.