Tendência: análise de dados revoluciona a cobrança de impostos | Contei

Por Paulo Antônio Rezende Gonçalves

Uma pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisa do Gartner mostrou que cerca de 36% dos CEOs da área governamental estão planejando aumentar os investimentos em Inteligência Artificial em Tax Machine Learning.

Aparentemente, o setor público brasileiro entendeu que, é de extrema importância aprofundar dados, por meio de uma examinarão mais minuciosa, descobre-se novas soluções para desafios sociais que se mostravam intratáveis.

Cresce a cada dia, as demandas por captação tributárias, e, o setor público se mostra empenhado e está trabalhando em desenvolver novas plataformas com o objetivo de analisar dados e coletar mais taxas. Esse processo pode resultar em estruturas mais sofisticadas e aumentar a arrecadação de impostos e com isso, aumentar a eficiência de suas organizações.

O sistema tributário brasileiro possui uma série de estruturas tributos: sobre o consumo, sobre a produção, sobre a renda e alguns são cobrados em dobro, ou seja, pagamos o mesmo imposto duas vezes sem saber.

A linha que separa a elisão fiscal da evasão fiscal é extremamente tênue. A elisão fiscal acontece dentro das regras da Lei, entretanto, usando a própria legislação pátria conseguimos recuperar esses tributos pagados em dobro. No entanto, por meio do uso de “analytcs” e modelos de “Tax machine learning” é possível identificar cobranças indevidas e/ou duplicadas e essas ferramentas são cada vez mais usados para proteger o bolso do contribuinte e colocar dinheiro em seu bolso em ate 60 dias.

Com a ajuda de um advogado tributarista, você consegue encontrar erros deste sistema, realizado pelos órgãos públicos, e, com a ação apropriada, solicitar o reembolso, afinal, o Estado é seu sócio apenas no bônus.

Segundo dados, o Brasil possui aproximadamente R$ 4 trilhões de créditos tributários a recuperar. (MAGALU RECUPEROU 250 MILHÕES EM 2021.) Com conhecimento e prática processual o problema de nossos clientes vem sendo sanados com eficiência.

O advogado tributarista além de fazer o REFIS, também fará a defesa técnica dele, e, possivelmente encontrará impostos pagos em duplicidade e o dinheiro voltará para o seu contribuinte. Conseguimos retirar o nome da sua empresa do CADIN. Cerca de 95% das empresas especialmente as do simples nacional têm direito a restituir valores pagos indevidamente nos últimos cinco anos

Paulo Antônio Rezende Gonçalves, é formado em Direito, com MBA em TAX LAW pela Ryerson University, Toronto, Canadá. Pós-Graduado em Direito Público com ênfase em Direito Tributário e filosofia do direito, pela Faculdade Católica de Uberlandia – MG. Advogado associado à BRAZILHUB Serviços Corporativos Ltda.