“Uma Fada Veio Me Visitar”, estrelado por Xuxa e Tontom Périssé, estreia nesta quinta em mais de 550 salas de cinema

O filme traz, de forma leve, divertida e direta, temas importantes, como bullying, etarismo e sororidade.

Depois de atender a imprensa, convidados e fãs em eventos de lançamento no Rio de Janeiro, Xuxa e Tontom Périssé estreiam nesta quinta-feira, 12 de outubro, no longa Uma Fada Veio me Visitar, adaptação para os cinemas do livro homônimo de Thalita Rebouças. Dirigido por Vivianne Jundi, conhecida por “Detetives do Prédio Azul 2: O Mistério Italiano”, o filme conta com o roteiro assinado pela própria escritora, em parceria com Patrícia Andrade.

Com muita magia, nostalgia e diversão para toda a família, o filme será lançado em mais de 550 salas do território nacional, garantindo um ótimo programa neste feriado de Dia das Crianças. Confira algumas fotos da coletiva de imprensa e da pré-estreia, eventos onde muitos fãs e famosos se reuniram para prestigiar o novo lançamento da eterna Rainha dos Baixinhos!

A comédia infantojuvenil traz a história da adolescente Luna (Tontom Périssé), que recebe a visita da Fada Tatu (Xuxa), com a missão de torná-la melhor amiga de sua rival Lara (Vitória Valentin). No entanto, a Fada Tatu estava adormecida por mais de três décadas e precisa de ajuda não apenas para cumprir sua missão, mas também para se adaptar à cultura e ao comportamento das novas gerações. Para aumentar ainda mais a expectativa para o lançamento, acaba de ser divulgada uma cena exclusiva de Tontom e Vitória em ação no filme.

O roteiro da história foi iniciado há mais de dez anos e passou por algumas modificações até sua versão final. Inicialmente, a Fada Tatu traria referências dos anos 60, mas o roteiro foi adaptado para incluir elementos pensando nos fãs que foram “baixinhos” da Xuxa durante as décadas de 80 e 90.

“A primeira adaptação que fiz de ‘Uma Fada Veio Me Visitar foi em 2012 e sempre adorei a história, sobretudo porque, na época, minhas duas filhas, hoje com 24 e 25 anos, tinham a idade da protagonista e viviam questões bem semelhantes. Foi uma experiência ao mesmo tempo divertida e enriquecedora. Depois, retomamos o trabalho de roteiro em 2019, eu e Thalita juntas, partindo de uma estrutura já estabelecida, mas com a tarefa de atualizar comportamentos, redes sociais e todo tipo de tecnologia para falar diretamente com o público. Sem contar que, com a entrada da Xuxa no elenco, a fada, que vinha da década de 60, passou para as décadas de 80 e 90. A gente se deu muito bem em dupla”, lembra Patrícia.

Uma Fada Veio Me Visitar marca não apenas o retorno de Xuxa aos cinemas após 14 anos, mas também a estreia de Tontom Périssé nas telonas. A atriz expressa a esperança de que os mais jovens compreendam a mensagem importante do filme, que aborda questões como bullying, etarismo, diversidade, solidariedade e sororidade de maneira leve, divertida e direta.

“A generosidade e o olhar para o próximo é um assunto que o filme fala bastante. Estar de coração aberto para o que mundo tem a dar e aproveitar as oportunidades. No início, pode fficar com medo, mas, depois, começam a fazer sentido e podem ser bem melhores do que esperávamos”, comenta Tontom.

O longa é uma produção da Bronze Filmes, em coprodução com a Paramount Pictures e a Rubi Produtora, e distribuição da Imagem Filmes. O elenco conta ainda com Zezeh Barbosa, Dani Calabresa, Lívia Inhudes (“Carrossel”), Lucas Burgatti (“Poliana Moça”) e a participação especial da influencer Camila Loures.

Sinopse
Depois de quatro décadas congelada, a Fada Tatu (Xuxa Meneghel) é escolhida para uma missão: fazer Luna (Tontom Périssé) e Lara (Vitória Valentin), duas adolescentes que se odeiam, virarem melhores amigas. Enquanto Tatu tenta se adaptar aos tempos atuais, percebe que os problemas da adolescência continuam os piores do mundo.

Ficha Técnica
Direção: Vivianne Jundi
Direção de Arte: Fabiana Egrejas
Direção de Fotografia: Leo Vasconcellos
Figurino: Carol Li
Figurino Xuxa: Michelly X e Marcelo Cavalvanti
Maquiagem: Marina Beltrão
Maquiagem Xuxa: Edduh Moraes
Produção de Elenco: Diogo Ferreira
Som Direto: Antonio Grosso
Música Original: Marcelo Souza
Roteiro Original: Thalita Rebouças e Patrícia Andrade
Colaboração de Roteiro: Vivianne Jundi
Direção de Produção: Arthur Chamon e Catarina Chamon
Produção Executiva: Patricia Chamon
Produtores: Patricia Chamon e Marcos Scherer
Coprodução: Paramount Pictures e Rubi Produtora
Produção: Bronze Filmes
Distribuição: Imagem Filmes

Elenco Principal
Tatu – Xuxa Meneghel
Luna – Tontom Périssé
Fadona – Zezeh Barbosa
Faducha – Dani Calabresa
Fadagiária – Livia Inhudes
Fada Cataloguista – Thalita Rebouças
Marcela – Fernanda de Freitas
Otávio – Tatsu Carvalho
Nazaré – Denise Del Vecchio
Pai de Lara – Robson Caetano
Mãe de Lara – Anna Lima
Milena – Camila Loures
Professora de Física – Lian Tai
Professor de Matemática – Robson Santos
Bia Baggio – Manuela Kfouri
Lara Amaral – Vitória Valentin
Leo – Henrique Camargo
Pedro Maia – Lucas Burgatti
Gisele – Lara Leão
Daniele – Victoria Soyat
Juliane – Catharina Kubotta

XUXA
O início da Xuxa na TV foi dedicado às crianças, quando recebeu o título de “Rainha dos Baixinhos”. Desde então, ela acompanha o público com programas que abrangem toda a família, com alcance em mais de 17 países da América Latina, Espanha, Portugal, Estados Unidos e países árabes. “O Mundo da Xuxa” chegou a ser exibido em todos os continentes.

A artista vendeu mais de 40 milhões de cópias entre discos, fitas, CDs e DVDs lançados no Brasil, Argentina, Chile, Uruguai e México, sucesso confirmado no Guiness Book com 3 milhões de cópias vendidas do disco “Xou da Xuxa 3”, e estampou mais de 2.500 revistas dentro e fora do Brasil.

TONTOM PÉRISSÉ
Tontom Périssé é cantora e atriz, destacando-se desde cedo por suas atuações no palco. Nascida em agosto de 2006, Tontom sempre demonstrou paixão por música e teatro. Aos dez anos estreou no musical “Alice no País da Internet”, em cartaz no Vivo Rio, e logo em seguida em turnê pelo Brasil. Já na televisão, seu último trabalho foi: “Tocs de Dalila”, no Multishow em 2017.

Vinda de uma família de artistas, ela também investe na carreira como musicista. Aos sete anos começou a fazer aulas de piano, em seguida, canto, e, mais pra frente, violão e guitarra. Aos 15 anos fez um programa de verão na renomada faculdade, Berklee College of Music, em Boston, onde aprimorou suas técnicas e experiências musicais, focando na voz e composição de canções. Atualmente está produzindo seu primeiro EP, e aguarda o lançamento do seu primeiro filme “Uma Fada veio me visitar” nos cinemas.

VIVIANNE JUNDI | Diretora
Vivianne Jundi é diretora de Cinema e TV e atua no mercado audiovisual há mais de 20 anos. Formada em Comunicação Social pela FAAP, estudou formação em Roteiro pela ECA, Directing for Film pela NYFA em Londres, Gestão da Comunicação pela FGV e Introduction to Digital Humanities por Harvard. Foi diretora-geral da série “De Volta aos 15”, da Netflix, baseada no livro de Bruna Vieira, com Maisa Silva e Camila Queiroz, ficando em 4º lugar como a mais assistida na Netflix mundial em língua não-inglesa.

Para o cinema, dirigiu o longa-metragem “Uma Fada Veio me Visitar”, baseado no livro de Thalita Rebouças, com Xuxa Meneghel, “Meninas Não Choram”, produzido pela Galeria Distribuidora e Morena Filmes e “DPA 2 – O Mistério Italiano”, produzido pela Paris Filmes e Globo Filmes, que venceu o prêmio de Melhor Longa-Metragem Infantil de 2018 pelo Grande Prêmio do Cinema Brasileiro. Foi diretora-geral da série “Detetives do Prédio Azul”, do Gloob, produzido pela Conspiração Filmes, e responsável pela direção e concepção do “Vlog da Mila, Vlog da Berê”, além de outros spin-offs de sucesso da série. De 2005 a 2016, dirigiu 10 novelas e a minissérie “José do Egito” pela Record TV. Dirigiu a novela “Os 10 Mandamentos”, vendida para mais de 50 países. Seu primeiro curta-metragem “O Presente” venceu o prêmio de melhor curta-metragem no Los Angeles Brazilian Film Festival 2013 (LABRFF 2013) e foi convidado para ser exibido no La Femme Film Festival.

Durante sua carreira, dirigiu alguns desses projetos em Portugal, Estados Unidos, Itália, França e Inglaterra.

THALITA REBOUÇAS | Roteirista
Escritora e jornalista brasileira, autora de livros direcionados ao público juvenil, Thalita Rebouças tem 26 títulos publicados em mais de 20 países (entre eles Portugal, México e Argentina), com mais de 2,3 milhões de livros vendidos só no Brasil. Ainda criança já mostrava interesse em escrever. Iniciou o curso de Direito, mas depois de dois anos resolveu mudar para o curso de Jornalismo. Trabalhou na Gazeta Mercantil, na TV Globo e na FSB Comunicações.

Em 2001 interrompeu a carreira de jornalista e passou a investir na carreira de escritora. Publicou “Traição Entre Amigas” que teve sua divulgação durante uma tarde de autógrafos na Bienal do Livro, no Rio de Janeiro.

Em 2003, publicou “Tudo Por um Pop Star”, que se tornou best-seller. Seu quarto livro, “Fala Sério, Mãe!” logo entrou na lista dos livros mais vendidos da Revista Época.

Tornou-se ídolo do público juvenil. Suas obras viraram jogo de tabuleiro, peças de teatro e filmes. “Fala Sério, Mãe!” ganhou uma nova adaptação, desta vez cinematográfica, estrelado por Larissa Manoela e Ingrid Guimarães. “Tudo Por Um Pop Star” foi adaptado para os cinemas com o mesmo título e lançado em 2018, com Maisa Silva, Klara Castanho e Mel Maia como protagonistas. Segue como uma das apresentadoras fixas do programa “The Voice Kids” na Globo.

PATRÍCIA ANDRADE | Roteirista
Carioca, formada em Jornalismo, trabalhou dez anos no Jornal O Globo, exercendo as funções de repórter, colunista e editora. Contratada como Diretora de Conteúdo pela Conspiração Filmes, começou a atuar como roteirista. Escreveu mais de quinze longas metragens, entre eles “2 Filhos de Francisco” e “Salve Geral – O Dia que São Paulo Parou” (respectivamente indicação brasileira ao Oscar de melhor filme estrangeiro em 2006 e 2010), “À Beira do Caminho” (Melhor Roteiro Original no CINE-PE 2012), “Nise – O Coração da Loucura” (Melhor Filme e Melhor Atriz – Festival de Tóquio, 2015;Melhor Filme Júri Popular – Festival do Rio, 2015; “Gonzaga – De Pai Para Filho” (Indicação de Melhor Roteiro pela Academia Brasileira de Cinema em 2013, ano em que foi exibido como microssérie na Globo), “Entre Irmãs” (Indicação de Melhor Roteiro pela Academia Brasileira de Cinema e exibido como microssérie na Globo em janeiro de 2018) e “10 Segundos para Vencer” (exibido como microssérie na Globo em janeiro de 2019). Escreveu também as cinebiografias de Roberto Carlos e Rita Lee a serem produzidas.

No teatro musical, escreveu “Elis – A Musical”, “S’imbora – A História de Wilson Simonal”, “Cássia Eller – O Musical” e “O Frenético Dancin’ Days”.

Para a TV, criou e desenvolveu a série “Preamar” para HBO e a minissérie “O Canto da Sereia” para a Globo, para onde também escreveu também episódios de “Por Toda a Minha Vida” (entre os quais a biografia de Nara Leão, indicada para o Emmy Latino como Melhor programa de Arte). Assinou ainda a redação final do programa “Esquenta”, apresentado por Regina Casé .

Para o streaming, comandou a sala de roteiro da minissérie sobre a vida de Ayrton Senna, para a Netflix. Supervisionou sinopses e escaletas da série de ficção sobre Xuxa Meneghel para Globoplay. Atualmente contratada da Warner/Discovery, é head de salas e criadora de projetos em desenvolvimento.

BRONZE FILMES | Produtora
Bronze Filmes é uma produtora nacional comprometida com o cinema, que busca inovar a cada produção.

Em atuação desde 1998, a empresa mistura sua vasta experiência na área com o desejo de ser ainda mais moderna e relevante. Com o objetivo de se tornar referência a nível nacional e conferir força à indústria do entretenimento, trabalhamos para construir uma marca de confiança tanto para o público quanto para os realizadores de cinema no Brasil. Com base nisso, a empresa tem como princípio básico somar à pluralidade cultural brasileira, com produtos de qualidade e que buscam atingir os mais variados públicos, indo dos jovens moviegoers aos cinéfilos mais experientes.

PARAMOUNT PICTURES | Coprodutora
Paramount Pictures Brasil atua no mercado audiovisual no Brasil desde 1916 com foco no seu conteúdo original, mas também fomenta e apoia o desenvolvimento do cinema brasileiro investindo em conteúdo local. A distribuidora foi responsável pela distribuição de clássicos nacionais, como “Vinicius” (2005), “Tropa de Elite” (2007), “Última Parada 174” (2008), “Homem do Futuro” (2011) e “Raul – O início, o Fim e o Meio” (2012) pra citar alguns. Hoje o estúdio atua como coprodutor de diversas produções nacionais, como “Os Homens São de Marte” (2014), “Loucas pra Casar” (2015), “O Shaolin do Sertão” (2016), “Minha Mãe é uma Peça 2” (2016), “Minha Mãe é uma Peça 3” (2019), “Turma da Mônica – Laços” (2019), “Turma da Mônica – Lições” (2021), entre outros.

RUBI PRODUTORA | Coprodutora
Rubi Produtora completou 10 anos no mercado audiovisual com os recente títulos produzidos: “Desapega”, com Glória Pires e Maísa Silva, “Apaixonada” – protagonizado por Giovanna Antonelli, Danton Mello e Rodrigo Simas, “Enaldinho e o Mistério da Lagoa”, filme do fenômeno do Youtube Enaldinho, “Uma Babá Gloriosa”, coproduzido por Cleo Pires, “O Porteiro”, comédia que conta com a presença de nomes como Maurício Manfrini, Cacau Protásio, Alexandre Lino e Aline Campos, e a obra “Uma Fada Veio Me Visitar” – com o protagonismo da Rainha Xuxa Meneghel, marcando o seu retorno às telas dos cinemas. A última produção foi em parceria com os Estúdios Maurício de Sousa com o longa “Turma da Mônica Jovem – Reflexos do Medo”. Nosso olhar é para a plural e significativa cultura brasileira. Para 2023 tem muito mais coisa boa vindo.

IMAGEM FILMES | Distribuidora
Imagem Filmes é uma empresa nacional que atua no mercado de entretenimento do país como distribuidora de filmes independentes. Comprometida com a qualidade e variedade de produções, a empresa trabalha nos segmentos de cinema e televisão, e é responsável pelo lançamento de grandes produções nacionais, onde destacam-se: “Veneza”, “Ela Disse, Ele Disse”, “Carcereiros: O Filme” e “É Fada!”. Além das produções internacionais, como o premiado “VICE” e sucessos como “Pinóquio”, “Legado Explosivo”, “Rambo: Até o Fim”, “Amizade Maldita” e “Maria e João: O Conto das Bruxas”.

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.