“Whats is Emerging” é indicada a 3 categorias no Rio Webfest 2019 | Contei

Visando trazer novos paradigmas e colaborar para uma mudança de mentalidade, as documentaristas e diretoras Camilla Cardoso e Maria Clara Parente idealizaram e produziram “Whats is Emerging” (O que está emergindo?), uma série de documentário dividida em 3 episódios com mensagens diferentes em cada um deles.  A produção é uma das indicadas ao Rio Webfest 2019, evento que terá início nesta sexta feira (15), na Cidade das Artes, no Rio de Janeiro.

A série foi produzida em parceria com uma plataforma Alemâ/Sueca chamada EMERGE, nome também dado à produção. Acesse a plataforma clicando AQUI.

Fotografia: Alicia Sully

 

O Rio Webfest é um festival internacional de webséries que oferece prêmios por categorias a produtores de conteúdos do mundo inteiro e se encontra, neste ano, na 5ª edição. A série voltada para mudanças de paradigmas e mudanças sistema com uma abordagem que mistura ecologia com filosofia foi indicada nas categorias de: “Melhor Roteiro (Não Ficção)”, “Melhor Série de Documentário” e “Melhor Série Brasileira” e também concorre ao “Voto Popular” (Vote em “Whats is Emerging” clicando AQUI).

A série surgiu após um processo de pesquisa na Schumacher College, onde Maria Clara e Camilla se conheceram em 2018, e toda a pesquisa anterior ao documentário esta no canal do projeto fundado pelas duas, o This is not The Truth (Isso não é a verdade), uma plataforma de comunicação que visa questionar as ditas verdades sobre as nossas formas de viver na Terra. Para conferir, clique AQUI.

O principal objetivo de “Whats is Emerging” é entender o que está por trás da crise política social econômica e ecológica do mundo atual, o que é feito para que as pessoas entendam que estão vivendo um momento caótico e o que as paralisam de não conseguir mudá-lo. Desta forma, “Whats is Emerging” tenta  transmitir uma inspiração e conscientização de mudança pessoal, sendo ela interna e externa, buscando a mudança que nota-se que o mundo precisa. Confira o tease da série:

 

Camilla expõe o entusiasmo para o evento e conta que estão na expectativa de se conectarem com outras pessoas e organizações com interesses em comum, para que seja um gatilho no avanço de novos projetos, como por exemplo, “Contos para o futuro”, a próxima produção delas. “Queremos conhecer outros projetos também, e estamos felizes com a exibição da nossa série e com a oportunidade de contar mais sobre o projeto no painel dos criadores. Estamos muito animadas pra estar no festival nos próximos dias”, completa.

Além de participar de forma direta do festival com as indicações, “Whats is Emerging” é uma das séries que estarão em um dos painéis dos criadores do Rio Webfest 2019 no domingo (17), às 14h. O painel oferece a oportunidade de troca de experiência entre os criadores presentes e a chance de falar melhor sobre o produto, podendo abordar formas de produção, divulgação, marketing e etc. Além disso, a série será exibida no festival também no domingo às 19h. A entrada, tanto para o painel, quanto para a exibição, é gratuita.

A apresentadora e também produtora da série Maria Clara Parente afirma que ficaram felizes com as indicações e que é muito gratificante participar de eventos como o Rio Webfest. “Além do reconhecimento do trabalho, quer dizer também que outras pessoas também estão cada vez mais interessadas em mudar os sistemas atuais para outras formas mais regenerativas de viver”, pondera Maria Clara.

Outras Indicações

O Rio Webfest 2019 não é o primeiro festival em que a série concorre. Camilla e Maria Clara já foram indicadas em outros festivais, como por exemplo: São Paulo Webfest, Bilbao Webfest e no Festival Internacional de Audiovisual Colaborativo, o Fica.vc, onde foram premiada como “Melhor Série”.

“Desde 2016 participo do Festival, primeiro com a websérie Webcolaborativa, sobre economia Colaborativa (2016 e 2017), e com a websérie “Comendo Lixo” (2018). Considero o Rio Web Fest um dos mais importantes festivais que existem, por ter tantas categorias, workshops e prêmios, e também por fortalecer uma rede de criadores de conteúdo digital, que é um mercado que cada vez cresce mais”, completa Maria Clara.

Maria Clara Parente marcou presença no festival Bilbao Series Land, da Espanha. A trama foi indicada como “Melhor Documentário” e ela afirma ter ficado impressionada com a qualidade das séries digitais que participavam o evento internacional. “Acho que os festivais são um dos grandes responsáveis por esse aumento da qualidade, não só imagética, mas também do conteúdo das séries, que refletem muito bem as questões que enfrentamos nesse momento no mundo, muitas vezes de modo mais “livre” que dentro das grades das TVs. Também fiquei bem feliz em ver que estão sendo criadas várias plataformas de streaming de webséries, no modelo Netflix. É muito importante esse passo para o mercado digital, porque a maior dificuldade para os criadores ainda é como fazer o seu conteúdo chegar até o público nesse mar infinito chamado internet”, diz Maria Clara.

Fotografia: Jabi Etxebarria

Ela ainda completa que um dos grandes desafios de produção é refletido diretamente no financiamento, porque os patrocinadores optam por conteúdos com audiência certa. “Por isso os canais com maior audiência acabando conseguindo financiamento, mas nem sempre audiência é igual à qualidade de conteúdo”, pondera.

“Whats is Emerging” é a primeira série de documentário realizada pelas produtoras com um caráter um pouco mais investigativo e experimental. De acordo com Camilla Cardoso, essas indicações possuem grande importância para elas devido à experiência prévia com esse gênero do audiovisual. “O reconhecimento externo nos ajudou a crer que estamos em um caminho interessante, e reconhecido. A premiação como melhor Serie no FICA Festival, com exibição no Cine Odeon para toda nossa rede do Rio, foi incrível e significou muito pra gente”, aponta Camilla.