Albert Almeida, ex-aluno de escola pública de Lauro de Freitas assume grupo educacional e projeta injeção de R$ 50 milhões para 2024

Visionário, Albert Almeida começou a trabalhar ainda aos 13 anos, quando vendia salgadinho na escola com a sua mãe

O Brasil é um país repleto de histórias de superação. Pessoas que, com muito talento e dedicação, venceram as barreiras sociais e os inúmeros paradigmas que cercam o acesso aos estudos e ao mercado de trabalho por parte das comunidades menos favorecidas e hoje, se tornaram referência quando se trata de trajetórias bem-sucedidas. 

O empreendedorismo brasileiro ganhou muito destaque nos últimos anos e uma região que tem despontado como uma das mais promissoras é o Nordeste. Para se ter uma ideia, em dados revelados pela Abstartups, há 1.250 startups nordestinas atualmente. Um fato curioso é que 18% delas são voltadas ao segmento da educação.

Uma das figuras mais conhecidas na área, é justamente um nome que surge em Lauro de Freitas, na Bahia, quando um, então, aluno de escola pública de apenas 13 anos começa a vender salgadinhos ao lado de sua mãe e a partir daí, não parou mais em sua escalada rumo ao sucesso.

“Quando tinha 15 anos, me tornei atendente de uma copiadora e foi essa experiência que me levou a trabalhar em uma empresa de informática como monitor. Nesta época, também entrei em um curso de processamento de dados graças a um programa de bolsas oferecido pelo Governo,” conta o empresário Albert Almeida.

Visionário, apenas 3 anos depois, o profissional já era professor de informática básica para alunos do ensino fundamental em uma escola particular. Mostrando-se dono de uma mente à frente do tempo, com apenas 19 anos, ele fundou o ISEBA (Instituto Superior de Ensino da Bahia). 

“Inicialmente, o Instituto era voltado à capacitação de jovens e adultos para atuarem no ramo da tecnologia da informação e comunicação. Três anos depois, no entanto, adotamos o modelo de franquias. ” relembra.

Injeção Milionária em 2024

Com sua marca cada vez mais consolidada e seus números se multiplicando rapidamente, Albert Almeida deu outro importante passo que elevou seu nome a um patamar ainda mais alto no mundo empresarial: transformou o Instituto em uma Holding Educacional, a Star Global Education. 

“A Holding é detentora de 3 Faculdades credenciadas pelo Ministério da Educação, além de 3 Escolas Técnicas e Profissionalizantes,” pontua o profissional também formado em Direito, Gestão Pública e Ciências da Saúde.

Com mais de 700 polos educacionais espalhados pelo Brasil, a Star Global Educacional se prepara para mais um salto em 2024: seu fundador projeta uma injeção de 50 milhões de reais no negócio, provando que, para este empreendedor, o céu não é o limite.

Para conhecer mais sobre Albert Almeida, acesse:

https://www.instagram.com/albertalmeidaof 

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.