Educação | Contei
Advogado Jorge Luís Nery de Oliveira lança livro jurídico sobre empresas familiares

Advogado Jorge Luís Nery de Oliveira lança livro jurídico sobre empresas familiares

O advogado Jorge Luís Nery de Oliveira acaba de lançar o livro ‘Modelo Jurídico das Empresas Familiares: a gestão societária e corporativa pelo direito comparado espanhol e brasileiro’ que conta a história das empresas familiares no mundo, desde seu aparecimento como um todo até se destacar no Brasil. A obra está disponível nas principais livrarias do Brasil. Jorge Luís Nery de Oliveira é um advogado do interior de São Paulo, mais precisamente de Porto Ferreira, atuando nas áreas de Direito Público e Privado, e também na assistência judiciária gratuita, através do convênio firmado entre a Defensoria Pública do Estado de São Paulo e a OAB/SP.  Ele é Bacharel em Direito e pós-graduando em Direito Processual Civil Empresarial. A obra é seu primeiro livro e foi um grande desafio a ser cumprido. Ele levou mais de um ano para ser finalizado, pois foi um trabalho técnico e muito cauteloso. “Após toda essa jornada, outros sentimentos não poderiam ter senão orgulho e satisfação por cada passo que foi dado”, conta. A inspiração para a história se originou com o comércio de sua cidade, que é formado, em sua grande maioria, por empresas, que foram ou são, constituídas por algumas famílias, com o intuito de darem continuidade aos negócios ao longo de suas gerações. Ao ampliar o estudo, Jorge Luís percebeu que essa ‘familiarização empresarial’ não se tratava de algo regional ou local, mas sim algo nacional, que se espalhava por todo país, e, até mesmo, de nível global, ressaltando a sua grande contribuição para a economia europeia por meio da apresentação de dados significativos. “Assim,  busquei esclarecer dúvidas deste setor empresarial através das leis e costumes utilizados pela Espanha (expoente na área empresarial familiar), a fim de auxiliá-los no seus sucessos empresariais por meio de estratégias duradouras e eficazes para com os mais diversos conflitos que possam emergir nesta área de atuação sejam eles de cunho familiar ou sejam de viés comercial”, explica. Ele entendeu que para uma empresa familiar nacional ter sucesso, perdurando por longas gerações no mercado, é preciso promover renovações ou inovações das legislações brasileiras em prol dessas parcelas empreendedoras no país, e por consequência, uma parcela da economia global. No livro, ele mostra que é possível aprender a lidar com situações e/ou problemas rotineiros e semelhantes ocorridos, por exemplo, nas empresas hispânicas através da adoção de mecanismos corporativos inteligentes e incorporá-los à nossa realidade, mesmo que, neste momento, ainda não tenhamos leis específicas no Brasil acerca dessa matéria empresarial familiar. Jorge Luís pretende lançar outros volumes para esta obra, abordando demais pontos específicos e muitos outros aspectos em comuns com empresas familiares na Espanha e no Brasil, para que, assim, possamos enriquecer nosso conhecimento jurídico-econômico até que legislações brasileiras sejam promulgadas neste sentido. O livro conta as histórias das empresas familiares no mundo, desde seu nascimento, até virar destaque. Contendo uma linguagem clara, acessível e objetiva, a obra, de forma didática, discorre sobre os principais modelos empresariais reconhecidos pela nossa legislação, destacando seus principais pontos jurídicos. A obra demonstrará as estratégias mais relevantes que foram adotadas pelas sociedades empresariais espanholas e podem ser aplicadas no Brasil por terem semelhanças com nossa realidade. No final do livro, com um olhar analítico e crítico, ainda virá um estudo detalhado sobre a PL 4.303/2012, que trata das Sociedades Anônimas Simplificadas (SAS), a fim de amenizar a burocratização nacional que existe atualmente. “Espero que o livro possa clarear e inovar as estratégias de todos os pequenos e médios empreendedores, além de estimular a renovação e, até mesmo, a inovação das legislações brasileiras em prol da classe, provocando maiores contribuições para o crescimento econômico do país com melhorias no PIB e na geração de empregos, como uma forma de aliviar a atual recessão pela qual passamos”, diz Jorge Luís. O livro não é uma obra exclusiva para profissionais de Direito, pelo contrário, é dedicado a todos que têm interesse pelo tema e que operam na área empresarial, jurídica, societária, corporativa ou que queiram fazer parte delas. A obra, lançada pela Editora Appris, já está disponível para venda nas principais livrarias do país e na plataforma digital da editora, além de outras dezenas de shoppings virtuais, considerados como os melhores e maiores para compras on-line. A versão e-book será lançada em breve. Saiba mais sobre Dr. Jorge Luís Nery de Oliveira através do Instagram: instagram.com/jorginhonery
Fotografia: Divulgação pessoal Texto / Assessoria de Imprensa: Thiago Michelasi – MTB 0087207/SP
Carol Marçal impacta a vida de milhares de mulheres através de ferramenta focada na gestão pessoal

Carol Marçal impacta a vida de milhares de mulheres através de ferramenta focada na gestão pessoal

Muitos pais entendem o processo de educar os filhos como uma missão bastante desafiadora, sendo necessária muita sabedoria para o acompanhamento seja ideal. Carol Marçal, esposa de Pablo Marçal, encara a educação de seus 3 filhos de uma forma muito diferenciada, focada no desenvolvimento pessoal, com uma abordagem individualizada.

“Quando se tem um filho, algo natural acontece em você, algo instintivo te capacita a criar a criança. Ter um filho é fácil, agora, educar um filho é trabalhoso. Por isso, é importante não ficar somente com o que a natureza te proporciona, senão você vai errar muito mais durante o percurso. É essencial ter responsabilidade na vida da criança e investir tempo e dinheiro para que você, pai ou mãe, se qualifique. Adquira instrução para investir na vida de seu filho. Leia livros, faça cursos. Para sermos um profissional em qualquer área, investimos tempo e dinheiro, mas, para sermos pais, deixamos que ocorra de forma natural, e as consequências podem não ser boas. Então, invista seus recursos para cuidar da sua maior herança”, afirma Carol Marçal.

A forma que a disciplina é aplicada com o intuito de corrigir algum desvio no comportamento é outro ponto extremamente discutido dentro das questões entre pais e filhos. Grande parte dos pais se baseia na opinião alheia e corrigem seus filhos com a intenção de agradar outras pessoas, o que Carol Marçal não entende como o ideal.

“Os filhos devem ser ensinados a partir do seu propósito de vida e de sua identidade, sendo a correção uma aliada desse processo. Ensino meus filhos a serem gentis, educados, a saberem se portar e a respeitar as pessoas. Contudo, em algum momento, eles ultrapassam os limites e necessitam serem corrigidos. A criança precisa errar, para que aprenda, já que só vivendo a consequência do erro é que a criança dará ouvido às instruções dos pais. É importante que, nesse momento, nós como pais estejamos perto para instruí-los da melhor maneira”, diz Carol Marçal.

Carol afirma que existem situações que, para ela, são inadmissíveis. Desobediência é vista como algo comum e que muito dificilmente não vai acontecer. Entretanto, a falta de respeito e a agressão física ou verbal, são alguns pontos que nunca se deve permitir que uma criança realize. Ela sugere retirar a criança do meio das pessoas e falar com ela separadamente, visto que o objetivo é gerar um aprendizado e não deixá-lo envergonhado. Os reflexos da exposição poderão performar em um adulto cheio de bloqueios.

Há uma grande diferença entre a liberdade e a permissividade. Ao dar liberdade para uma criança, você permite que ela erre ou acerte, e aprenda com os próprios erros por si só. Ao ser permissivo, aceita certos comportamentos e não corrige de forma adequada. Fazendo a famosa “vista grossa”, inconscientemente, os pais prejudicam muito a criança, porque ela ainda não tem juízo de valor para entender que aquele comportamento é ruim para si própria.

Uma maneira adequada para essas condutas sejam evitas é sempre manter um hábito de conversa com o filho. Quando for necessário sair com a criança ou até mesmo receber uma visita em casa, os pais devem deixar claro para o filho qual comportamento se espera dela dentro da situação. A criança precisa de instrução e direcionamento, pois às vezes ficam perdidas e precisam de correção, que sempre deve ser feita com carinho e amor. Porém, lembre-se, a cobrança é feita em cima do que é melhor para a criança, nunca pensando na opinião alheia.

Professor Pablo Jamilk analisa a canção Ragatanga do grupo Rouge

Professor Pablo Jamilk analisa a canção Ragatanga do grupo Rouge

O professor Pablo Jamilk, chamou a atenção da internet essa semana ao fazer a análise da canção “Ragatanga’’ do grupo Rouge. 

A canção que foi sucesso no início dos anos 2000, possui uma letra com algumas palavras que a maioria das pessoas, não têm ideia do real significado

 Na época em que foi lançada, foram criadas diversas teorias para o significado das frases:  

Aserehe ra de re / De hebe tu de hebere seibiunouba mahabi / An de bugui an de buididipi...”

Algumas pessoas diziam que a canção era demoníaca, que “asherehe”, era o nome de um demônio, ou até mesmo que Ragatanga, era um mantra satânico, mas nada disso é real.  

Pablo, esclarece em seu vídeo no Instagram, que esse refrão com palavras incompreensíveis, são na verdade um “embromation” cantado por Diego, protagonista da história cantada. Ele está bêbado, dançando na balada e canta de forma errada sua música favorita “Rapper’s Delight, do trio The sugarhill Gang”.

 Mistério revelado, quem era proibido por alguma motivação religiosa de ouvir a canção, por achar que ela era usada por alguma força obscura, já pode ficar tranquilo e dançar ao som de Ragatanga.

Sobre Pablo Jamilk: 

Atuante no mercado digital desde 2010, o professor Pablo Jamilk, leciona para alunos do país inteiro, que por meio de suas aulas online, cursos e palestras, buscam alcançar bons resultados no Enem em concursos e vestibulares.

Nascido e criado na cidade de Cascavel no Paraná, Pablo Jamilk, desde sempre demonstrou interesse pela educação. Aos 15 anos, assumiu o posto de professor de iniciação à filosofia, dando aulas para alunos do ensino médio, na escola onde estudava. Pablo também foi bibliotecário e professor de língua inglesa para crianças de 3 a 5 anos, nesse período desenvolveu uma metodologia lúdica para o ensino da língua estrangeira.

Apaixonado pela educação, o jovem cursou letras, a fim de seguir adiante em seu sonho de ser professor, essa foi a melhor escolha que Pablo poderia fazer. Com muita dedicação, se formou mestre e doutor em letras. Escreveu mais de 10 livros voltados para os concurseiros, vestibulandos e os aficionados pela língua portuguesa.

Com números que impressionam, o professor vem se destacando na internet, seus inscritos no YouTube somam mais de 350 mil que acompanham suas videoaulas com dicas sobre verbos, uso da vírgula, modelos de redação entre outros.

No Instagram, Pablo faz lives semanais com conteúdo diversos da língua portuguesa, para seus mais de 400 mil seguidores.