Kevin Fiorani: conheça o cantor que alia a música com a moda e um toque de humor | Contei

Do Espirito Santo para todo o Brasil, o cantor Kevin Fiorani é a mais nova promessa da música em 2021. Kevin ganhou destaque com o lançamento do seu DVD,‘Kevin Fiorani Ao Vivo’, e roubou a cena musical nacional com os hits ‘Matemática’ e ‘Escapadinha’, chamando atenção não apenas por sua música, nos estilos de forró e sertanejo universitário, mas também pelo seu estilo e descontração.

Moda na Música

O cantor, que chama a atenção pelos figurinos que usa em seus shows e nos videoclipes, revela que seu fascínio pela moda faz parte da sua personalidade e da sua arte desde sempre. “Sou muito atento à moda e nao abro mão disso. Muitas vezes eu lanço tendências tanto na musica quanto no estilo de vestimenta. Costumo dizer que sou “ Moda na Moda e Moda na Música”.

Humor

Os milhares de seguidores que acompanham o cantor nas redes sociais também se deparam frequentemente com cenas engraçadas protagonizadas pelo cantor. “Por ser uma pessoa engraçada, eu levo alegria e amor para as pessoas tanto em forma de música como nas redes sociais. É algo natural pra mim.”

Pandemia

Kevin Fiorani também revelou que tem sentido bastante o impacto da pandemia e do isolamento social. O cantor, que estava sempre nos cartazes dos maiores eventos de Vitória e Vila Velha, agora está tendo que investir mais na internet, para se manter próximo do seu público. “Na internet é mais difícil sentir a emoção das pessoas, mas agora é o melhor meio de ter contato com as pessoas que gostam do meu trabalho e sentir o carinho delas, que é a principal razão pela qual fazemos música. Sem o público a gente não existe.”

O cantor, embora com saudades dos palcos, também tem aconselhado o seu público a evitar aglomerações. Ele vê na internet uma forma de levar uma mensagem positiva para as pessoas. “Espero que a pandemia acabe logo. Procuro levar alegria e otimismo através das minhas redes sociais, além de uma mensagem positiva, pra que juntos possamos vencer este momento tão difícil e voltar às nossas vidas normais. Agora não é o momento de aglomerar e de fazer loucuras. Procuro conscientizar as pessoas, ainda que em tom de humor, sobre a necessidade de cada um fazer a sua parte”, conclui.