Superação: Paraquedista Brasileiro relembra acidente quase fatal que sofreu na França | Contei

O paraquedista Vagner Jorge é conhecido por fazer diversos saltos em lugares remotos ao redor do mundo. Montanhas, antenas e prédios são alguns dos lugares que o jovem já saltou na modalidade Base jump (salto de um local fixo). Vagner também já participou da quebra de um recorde mundial, saltando com diversas pessoas de uma ponte na Rússia. O que quase ninguém sabe é que o jovem quase morreu em uma de suas aventuras.

No ano de 2017, Vagner estava na França onde foi saltar de uma montanha com um grupo de amigos. Quando o paraquedista pulou seu paraquedas abriu virado para a parde e Vagner caiu batendo nas paredes da montanha até atingir o solo.

Vídeo da queda e fotos:

View this post on Instagram

Alerta de textão! Fala galera!!!! Como a maioria de vcs já sabe eu sofri um grave acidente saltando de BASE jump na França! Estava saltando de uma montanha e meu paraquedas na hora da abertura abriu virado para parede! Foi tudo muito rápido e fui batendo na parede até o chão! Mesmo assim ainda tentei corrigir e "sair da roubada" porém a montanha era muito irregular e foi rasgando meu paraquedas! Quando finalmente cheguei ao chão estava com duas fraturas no fêmur, sendo uma exposta, uma fratura na tibia e 3 cortes profundos na cabeça! Meus amigos que estavam comigo se prontificaram a ligar pro resgate e ficar ao meu lado me apoiando para que eu não desmaiasse! O resgate por estarmos em uma área remota veio de helicóptero e demorou por volta de uma hora e meia! Fui direto para o hospital e operado de emergência! Graças a Deus a cirurgia foi um sucesso! Mas logo que retomei a consciência veio a questão financeira (Não tinha nenhum tipo de seguro) E o valor do resgate, internação e operação estava próximo a 10 mil euros! Com esse desespero, conversei com alguns amigos mais próximos e um deles decidiu criar uma vaquinha online pra me ajudar! Queria agradecer mesmo todos que ajudaram, compartilharam, me enviaram boas vibrações! Foi tudo tão bom, que consegui sair do hospital e voltar para o Brasil sem precisar pagar essa conta!!! Com isso, tive a idéia de doar todo o dinheiro arrecadado, já que não faz sentido ficar com esse valor e foi uma boa quantia que pode ajudar muito o próximo! A doação será para o @grupocamaradas que ajuda diversas instituições com o foco maior em crianças com câncer! O grande motivo que me incentivou a escolher o grupo Camaradas foi que alguns anos atrás uma amiga me apresentou essa realidade, comecei a ter bastante contato com seu priminho que batalha contra leucemia e esse ano graças à Deus ele conseguiu um doador de medula óssea! O dinheiro será utilizado para auxiliar na compra de materiais, remédios, transporte para hospital e até brinquedos para as crianças! Todos que doaram caso achem que devo destinar o dinheiro pra outro lugar ou até precisem de volta (Não é vergonha pra ngm) me chamem no particular! OPSMA😍

A post shared by Vagner Jorge (@vagnerjorge) on

Vagner sofreu duas fraturas no fêmur, sendo uma exposta, uma fratura na tíbia e 3 cortes profundos na cabeça.

O resgate por ser em uma área de difícil acesso, precisou ser feito de helicóptero que demorou cerca de uma hora e meia para chegar no local.  Vagner foi conduzido diretamente para o hospital e operado de emergência. Depois das cirurgias veio o segundo susto, a internação e operação ficou próximo do valor de 10 mil euros.
Desesperado, o paraquedista conversou com alguns amigos mais próximos e um deles decidiu criar uma vaquinha online pra ajudar a pagar os gastos médicos.

O valor foi arrecadado, mas ao sair do hospital, Vagner optou por parcelar a dívida com a frança e ir pagando aos poucos. Todo o valor que havia sido arrecadado com a vaquinha online foi doado para uma instituição que cuida de crianças com câncer, o paraquedista ainda deixou em aberto a opção para as pessoas que doaram o dinheiro para ele, pegassem de volta caso quisessem.

Vagner sempre diz que tem medo de altura, mas que gosta de superar seus medos, e que o amor pela profissão e pelo esporte são maiores que tudo. Todo esse amor é transmitido a outras pessoas por meio de um trabalho de incentivo ao esporte e a superação de medos e traumas, para ele não há limitações físicas ou mentais que impeçam quem quer que seja de realizar a vontade de “voar” (saltar de paraquedas).